Reflexões e artigos sobre o dia a dia, livros, filmes, política, eventos e os principais acontecimentos

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Maria Júlia Coutinho, vai ser promovida e deve começar a apresentar o jornal SP TV

  A garota do tempo do Jornal Nacional, Maria Júlia Coutinho, vai ser promovida e deve começar a apresentar o jornal SP TV, da Rede Globo. Segundo informações do site 'Uol', a decisão foi tomada após o imenso apoio que Maju recebeu de famosos e internautas, após as críticas racistas que sofreu na página oficial do JN.
Segundo informações do JN, um adolescente de 15 anos, de Carapicuíba, em São Paulo, foi identificado como um dos autores dos comentários racistas. Ele foi ouvido pela polícia na segunda-feira (6) e, em seguida, liberado.
O adolescente vai responder por ato infracional e pode sofrer alguma medida socioeducativa. Outros envolvidos ainda não foram identificados. Para chegar ao suspeito, a polícia rastreou as mensagens ofensivas, fazendo buscas nas redes sociais. Também foram solicitados dados cadastrais e números de IPs ao Facebook.
Bonner interrompeu JN ao vivo para falar de racismo contra Maju.
(Foto: Reprodução/TV Globo)
A jornalista foi vítima de comentários racistas nas redes sociais na noite da última quinta-feira (2), depois que a página oficial do Jornal Nacional publicou uma foto dela. "Só conseguiu emprego no 'Jornal Nacional' por causa das cotas. Preta imunda", dizia um dos comentários. "Não tenho TV colorida para ficar olhando essa preta não", escreveu outro internauta.
Maju se manifestou e afirmou que está acostumada a lidar com o racismo. "Eu já lido com preconceito desde que eu me entendo por gente. Claro que fico indignada e triste com isso, mas eu não esmoreço", afirmou a jornalista. 
"Cresci em uma família muito consciente, de pais militantes, sei dos meus direitos", diz. Ela também destacou o carinho que recebeu de internautas e telespectadores. "Agora, eu quero demonstrar a felicidade que eu fiquei com a demonstração de carinho que eu recebi, milhares de emails, de mensagens, isso que é mais importante. A militância que eu faço é com meu trabalho". E finalizou: "Os preconceituosos ladram, mas a Majuzinha passa".
Após o ataque racista, William Bonner, Renata Vasconcellos e a equipe do Jornal Nacional fizeram um vídeo em apoio à Maju. Assista: 
publicidade

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acessos ao Blog

Post mais acessados no blog

Embaixada da Bicicleta - Dinamarca

Minha lista de blogs