Reflexões e artigos sobre o dia a dia, livros, filmes, política, eventos e os principais acontecimentos

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Parque tecnológico da Bahia admite onze novatas


Jacinto Saraiva /Valor
Divulgação / DivulgaçãoO Parque Tecnológico da Bahia acaba de selecionar onze novas empresas para desenvolver atividades de pesquisa, desenvolvimento e inovação em suas instalações. Os negócios, selecionados em edital entre 48 propostas, vão criar produtos em áreas como robótica, mobilidade e tecnologia da informação (TI). Os empreendimentos escolhidos já criaram sites para a troca de experiências entre a comunidade médica e um software que ajuda a reduzir custos em obras de engenharia. Uma das principais preocupações dos empreendedores é contratar pessoal para a manutenção dos serviços.
O parque baiano funciona em uma área de 581 mil m2, na Avenida Paralela, uma das mais importantes de Salvador. "É voltado para áreas como biotecnologia e saúde, TI e comunicação, além de energias e engenharias", diz o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, Paulo Câmera.
Entre os produtos já desenvolvidos no local, o ParkiGlove, da Brunian, é um equipamento que pode ser "vestido" em pacientes com Parkinson. Permite avaliar o comprometimento motor, traçar a evolução da doença e ajudar a definir a dosagem de medicamentos. O Multideglutógrafo (MDG), outra invenção da companhia, auxilia no diagnóstico e tratamento de pessoas com alterações na deglutição e respiração. O dispositivo portátil pode substituir exames que utilizam radiação ou contraste.
A inauguração da primeira fase do parque, no ano passado, incluiu o Tecnocentro, principal prédio do conjunto, que funciona em uma área de 25,9 mil m2. Já recebeu investimentos de R$ 60,4 milhões e foi criado para estimular a geração de empreendimentos inovadores, por meio da incubadora de empresas Áity. O local abriga nove companhias e ganha agora mais onze negócios.
Entre as eleitas, a IdeiaSEO trabalha com geração de conteúdo para sites e serviços de otimização em mecanismos de busca na internet. "Investimos cerca de R$ 100 mil para abrir a empresa, já recuperados em um ano de operação", diz o sócio Marcelo Cruvinel, que pretende investir R$ 240 mil, nos próximos dois anos, principalmente em pessoal. A estimativa é faturar R$ 600 mil em 2014.
Na Lisa, o carro-chefe é o portal Raduniverse, uma rede fechada para a troca de informações entre a comunidade médica, lançada há pouco mais de um ano. "O site visa atender a necessidade mais básica da profissão: a constante atualização, com acesso rápido a dados para o auxílio na rotina de trabalho e obtenção de segunda opinião", diz o sócio Wilson Bruno Lima Santos.
O foco da companhia é criar produtos na web relacionados à saúde, com efeitos na melhoria da qualidade no exercício da profissão e gestão do tempo. No momento, a principal atividade é consolidar o tráfego do portal, incrementando a troca de conteúdo entre médicos de diferentes especialidades, no Brasil e no exterior. O site apresenta uma taxa de visitação de cerca de quatro mil profissionais ao mês ou 1% da comunidade médica nacional. O plano é atingir 20% da classe, nos próximos anos. O investimento inicial na empresa foi de R$ 130 mil.
"É mais complicado criar e manter um negócio no Brasil", diz Albert Moreira, diretor da Viva Inovação, também selecionada para trabalhar no complexo soteropolitano. "Na Europa, há diversas linhas de financiamento com empresas de maior porte e parcerias constantes com a academia." Moreira resolveu criar o negócio por conta da carência de softwares na área de engenharia. Um dos principais projetos é o Viva Civil, uma plataforma de auditoria de obras, voltada para o acompanhamento in loco, com a ajuda de smartphones e tablets, de todos os estágios de uma construção. "O piloto foi finalizado e está em fase de lançamento", diz. A companhia já lançou um outro sistema, para firmas de engenharia e escritórios de arquitetura, que calcula as horas trabalhadas nos projetos, para reduzir riscos de atraso e facilitar a maximização de lucros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acessos ao Blog

Post mais acessados no blog

Embaixada da Bicicleta - Dinamarca

Minha lista de blogs